Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Vida de uma Estudante Universitária

A visão de uma estudante universitária sobre a sua vida académica e pessoal.

Vida de uma Estudante Universitária

A visão de uma estudante universitária sobre a sua vida académica e pessoal.

15
Jun13

1ª Semana

1ª Semana de Exames: Done!
Já só faltam umas 2, pelo menos... Mas tenho a certeza que vão ser mais porque se não tiver de ir a recurso vou melhorar qualquer coisa.
Esta semana foi de estudo intenso. A próxima será bem pior e estou tão lixada...
Vou ter 3 frequências! A do meio requer imenso estudo e não vou ter tempo nenhum, provavelmente vou chumbar, já estou à espera disso. Não queria nada chumbar! :( Porque até já tenho planos para a altura do recurso dessa cadeira, acho que vai tudo por água abaixo. Que chatice!
Já fiz duas frequências, ainda me faltam cinco. Portanto ainda tenho muito que estudar :/ Muito mesmo!
Tenho que me esforçar mais do que nunca, porque esta é a última oportunidade para melhorar as notas deste semestre.
O que mais me custa é estar em casa o dia todo a estudar e ver que está bom tempo para ir à praia...
Este ano ainda não fui a banhos, nem fui apanhar sol, e não sei quando vou ter tempo para tal.
Vamos lá ver como é que isto corre. Espero que bem!

13
Jun13

Então e os Santos Populares?

Foram bons? Sorte a vossa! Eu não fui, com muita muita pena minha :( Queria tanto ir! Mas tenho frequência amanhã e tinha que estudar, não me podia andar a pôr em festas se não a coisa depois dava para o torto.
Não bastava eu não ter ido e ainda vou ao facebook e sou bombardeada com fotos dos santos populares aqui e ali e estados a dizer que foi muito fixe e o caraças. Obrigada amigos do facebook! Obrigada a sério! Só me fazem inveja...
Espero que para o ano consiga ir... Duvido muito porque a época de exames vai calhar na mesma altura.
Não me digam que vou estar 4 anos sem ir às festas dos santos populares?! No way! Vou ter de arranjar alternativas mas para o ano logo se vê.

10
Jun13

E abre oficialmente a época de exames

Começa o terror. Vêm aí as frequências impossíveis, as horas de estudo intermináveis, o quarto desarrumado, as folhas espalhadas por todo o lado, o desespero, a falta de vontade de estudar, as noites mal dormidas, os litros de café, a falta de paciência e de memória, o implorar por que acabe...
Começa agora a época de exames. É o salve-se quem puder.
Só espero safar-me! Só espero passar a tudo e conseguir boas notas.
Boa sorte a todos!

09
Jun13

O Rodrigo

Já há alguns dias que estava para fazer este post e entretanto não tive tempo por isso estou a fazê-lo agora.
O Rodrigo faleceu. Não sei se sabem de quem falo... Era um menino que tinha leucemia e estava no IPO de Lisboa e que precisava de toda a ajuda possível. Foram feitos bastantes apelos a nível televisivo e nas redes sociais para sensibilizar as pessoas para que agissem. Há uns tempos passou uma reportagem no telejornal. Foi aí que tive conhecimento do caso. Na altura tocou-me imenso! Era um miúdo alegre e que sorria, apesar de tudo. Brincava como os outros e não tinha a total noção do que se passava consigo, o que se justificava pela ingenuidade característica da idade que tinha. Era uma criança meiga pelo pouco que vi.
Não sou muito de emocionar mas chorei quando vi o vídeo. Acho que sensibilizava qualquer um que o visse. Não quero imaginar a dor daquela mãe a ver o seu filho morrer aos poucos sem puder fazer nada... É cruel, é injusto. Há pouco tempo as coisas complicaram-se para o Rodrigo, ele piorou e os tratamentos começaram a não resultar, a esperança foi diminuindo e a dor da família aumentando. Na semana passada ele faleceu. Quando soube fiquei triste, mesmo sendo alguém que não conhecia, porque a história dele tocou-me. Tenho pena de não ter ajudado... Em certa parte até me sinto culpa por não ter dado o meu contributo. Se todos tivéssemos ajudado de alguma forma, talvez não tivesse acontecido o que aconteceu.
Já pensei muitas vezes em ser dadora de sangue e ainda mais em ser dadora de medula. Cada vez tenho mais a certeza de que o quero fazer! Não me prejudica em nada e pode fazer uma grande diferença na vida de alguém. Podemos salvar vidas, pensem nisso! A vida é cruel para os que menos têm culpa, para os que menos têm capacidade de se defender. Dá-me tanta pena ver crianças como o Rodrigo a sofrerem por algo que não merecem. Ninguém merece. Eu acho que vale a pena ajudar, aliás, tenho a certeza! Deve ser a melhor sensação do mundo saber que podemos salvar a vida de alguém e é um acto de bondade inimaginável. O Rodrigo foi só um dos caso, existem muitos mais por aí a precisar da nossa ajuda. Por mim, por ti, por alguém, sê dador! Sê solidário!
Este foi o primeiro vídeo do Rodrigo que vi e que me tocou duma maneira inexplicável....