Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Vida de uma Estudante Universitária

A visão de uma estudante universitária sobre a sua vida académica e pessoal.

Vida de uma Estudante Universitária

A visão de uma estudante universitária sobre a sua vida académica e pessoal.

31
Ago13

Filmes

Ontem foi dia de ir ao cinema. Fui ver o filme RPG, não sei se conhecem.

Para meu grande espanto é um filme português. Digo isto porque não costumam existir filmes deste género feitos por cá... É uma espécie de ficção científica.

O filme é falado em inglês. Quando me falaram em ver este filme, eu não fazia ideia que era um produto nacional e por isso estranhei imenso em ver lá o Pedro Granger, mas não liguei. Só depois é que me disseram e aí eu percebi ahah

A ideia do filme é bastante boa. No entanto, poderiam ter desenvolvido mais a história. Não gostei muito do final! Quem vê, quando chega ao fim, não percebe muito bem o que é que realmente se passou...

No geral é um filme bonzinho.

 

Estão imensos filmes no cinema que eu queria ver: A Gaiola Dourada, Jobs, Elysium, Trip de Família...

Mas o cinema está cada vez mais caro e é completamente impossível vê-los todos.

 

Que filmes querem ver? Contem-me :)

30
Ago13

Dicas para a Universidade #2

Olá :) Hoje falo sobre as aulas. Sempre houve, e ainda há, uma grande dúvida relativamente às aulas, o ir ou não ir.

O que vos posso dizer é que na faculdade não é crime nenhum faltar a algumas aulas. Por vezes, até é melhor para nós, se aproveitarmos bem esse tempo.

Para começar é necessário perceber se vos marcam faltas ou não. Tudo depende da faculdade. Na minha, não levamos faltas nas aulas teóricas e teórico-práticas, mas temos falta se não formos às aulas que são exclusivamente práticas, como as de laboratório. Mesmo dentro da mesma faculdade, isto depende de curso para curso.

Por isso, às aulas práticas nunca faltei. No que toca às teóricas, não vou mentir, chegaram a existir cadeiras a que me limitei a ir a 2 ou 3 aulas porque vi que não ganhava nada com aquilo.

Para decidir se vamos ou não, o principal é perceber se vale a pena ir.


Para isso, temos que avaliar como é que funcionam as aulas dessa cadeira e, principalmente, o professor. Assim, será necessário ir às 2/3 primeiras aulas para perceber se estamos a aprender alguma coisa lá.

 

OS VÁRIOS TIPOS DE PROFESSORES

(vou referenciar os que existem em maioria na minha faculdade)


                Os professores que não utilizam qualquer suporte (powerpoints, acetatos, etc.) e apenas falam a aula inteira.


Nestes casos penso que valerá a pena ir às aulas. Visto que o professor não mostra nem dá qualquer suporte visual ou escrito, terão de tirar os vossos próprios apontamentos para poderem estudar para as frequências.

 

                Os professores que utilizam powerpoints para dar a matéria mas que não os facultam aos alunos.


Bem estes são um pouco mauzinhos, não?! Não lhes custava nada darem os ppts visto que já tiveram o trabalho de os fazer. Se calhar será melhor ir também a estas aulas para tirarem apontamentos ou, quem sabe, caso sejam mais preguiçosos, capturar de alguma forma os powerpoints (eu não disse isto ok? :p)


                Os professores que dão as aulas simplesmente a ler o que está “escarrapachado” nos powerpoints e não acrescentam nada de novo ao que lá está escrito.


Estes professores geralmente são aqueles que fornecem os powerpoints, portanto não vão ganhar muito em ir a estas aulas visto que podem estudar tudo o que é falado na aula em casa.

 

Existem mais tipos de professores mas não posso enumerar todos se não o post fica (ainda) mais extenso.

 

RESUMINDO:

Aulas que vale a pena ir:

- Áreas da Matemática, Cálculo, Químicas. Basicamente tudo o que envolva cálculos! É melhor ir às aulas para perceber como se faz porque é muito mais difícil aprendê-lo sozinho em casa a ler os livros.

 

Aulas que podem dispensar:

- Normalmente aquelas cadeiras que são mais fáceis e que se passa sem ser necessário um grande estudo.

- Cadeiras essencialmente teóricas em que chega perfeitamente estudar pelos livros em casa.

 

CONSELHO ESSENCIAL:

Se resolverem faltar a algumas aulas, não o façam só porque sim...

Tentem rentabilizar esse tempo!

Façam um trabalho que esteja mais atrasado ou estudem para uma cadeira mais difícil.

Invistam esse tempo em algo útil.

Assim vão estar a faltar as aulas mas o tempo será utilizado de uma boa forma :)

 

Espero que gostem deste post!

 

 

27
Ago13

Dizem...

"Dizem que o tempo leva, ele não te leva a ti. E eu que já lhe pedi. Que já lhe pedi."

                                                                                                                    

24
Ago13

Dicas para a Universidade #1


A primeira dica que tenho a dar é sobre o material a usar.

Eu própria quando entrei para a faculdade não sabia muito bem o que usar...

                 

Dúvida principal: Caderno ou Dossier?

 

Na maioria das vezes a matéria é dada a um ritmo um pouco rápido. Bem mais rápido do que no secundário. Não nos fazem a papinha toda como nos anos anteriores, nem ficam um ano à espera que nós passemos as coisas do quadro. Bem, isto também depende do professor...

Em geral, será necessário tirarem apontamentos e como o ritmo é normalmente rápido, não há grande tempo para pôr tudo bonitinho

 

Algumas pessoas optam por um caderno para todas as cadeiras, outras por um caderno para cada cadeira, outras por dossier e ainda há aquelas que não levam nada porque simplesmente não escrevem ahah

 

O meu caso:


O que eu aconselho é exactamente o que fiz no meu 1ºAno. Optei por utilizar um caderno com separadores, um para cada cadeira. (Vou ser sincera, alguns separadores não tiveram mais que 5 folhas escritas, mas falarei disso noutra altura). Este caderno servia para apontar tudo o que os professores diziam que eu considerava importante e que achava que poderia sair nas frequências.

O que fazia?


Como já referi, não dava para escrever nada bonitinho, com cores, etc. Pelo menos na minha faculdade é assim. Então eu optava por algo que me dava algum trabalho:

  • 1º Passava tudo a lápis nas aulas, em rascunho, para o caderno;
  • Passava tudo a limpo, com esquemas, cores, etc., em casa;
  • Arquivava tudo num dossier

Aposto que alguns de vocês estão a pensar: "Eish isso dá um trabalho do caraças! Não tenho tempo nem paciência..." É verdade, dá trabalho! Mas pensem pelo lado positivo, ficam com os apontamentos todos direitinhos e mais explícitos! E ao estarem a escrever o mesmo duas vezes (na faculdade e em casa), estão a estudar a matéria e acabam por ficar com as coisas na cabeça.

 

E é isto que eu aconselho! Mas é claro que cada pessoa tem o seu método de organização :)

 

Vão optar por utilizar o quê?

E pessoas que andam na faculdade, o que é que usam?

Contem-me!

Pode ser que também me dê jeito os vossos métodos.

23
Ago13

Dicas para a Universidade

Estamos quase quase a regressar às aulas! Imagino o nervosinho das pessoas que se estão a candidatar pela primeira vez. Quando eu entrei no ano passado, estava igual, uma pilha de nervos! Agora já vou receber caloirinhos. Como o tempo passa...

Na altura em que entrei tinha muitas muitas dúvidas de como seria este mundo novo e se me conseguiria adaptar e reparei que não havia muita informação para me esclarecer. Assim, resolvi começar a postar algumas dicas que acho relevantes para quem vai iniciar a sua jornada neste mundo.

Provavelmente irei começar a postar amanhã porque já não falta muito para as aulas começarem.

Se quiserem que fale em algum assunto específico, digam-me. Não me importo nada de o utilizar também para um post deste género :)

Beijinhos

Pág. 1/2

Mais sobre mim

foto do autor

Segue-me

Follow

Mensagens

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D