Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Vida de uma Estudante Universitária

A visão de uma estudante universitária sobre a sua vida académica e pessoal.

Vida de uma Estudante Universitária

A visão de uma estudante universitária sobre a sua vida académica e pessoal.

22
Ago14

Desafio #1

Estive dois dias sem vir ao blog e reparo que algumas pessoas me lançaram desafios. Até me assustei com o número anormal de "reacções" com que me deparei mal abri a minha conta. Assim sendo, farei um hoje e outro amanhã para não ser muito chato.

Queria então começar por agradecer à Joana, ao António e ao Fábio por me terem nomeado para o desafio das 11 perguntas. Vamos lá então!

 

1- O que você não sai de casa sem? 

Relógio, sem dúvida! É das coisas mais indispensáveis para mim. Quando me esqueço dele, sinto-me desorientada.


2- Qual seu animal favorito ? 

Adoro gatos! Principalmente quando são bebés. Não dá para resistir...

 

3- Qual seu sapato favorito? 

Sandálias. São muito confortáveis e há imensos modelos que adoro!

 

4- Produto de maquilhagem indispensável? 

Rímel e batom. No dia-a-dia não sou muito de utilizar maquilhagem, só um batom rosa clarinho e é mais para hidratar. O rímel também não uso todos os dias mas é o mais frequente. Dá logo um toque diferente ao olhar!

 

5- Qual o seu maior sonho? 

Excluindo todas aquelas coisas óbvias de terminar o curso e ter sucesso profissional, um dos meus maiores sonhos é viajar muito. Adorava conhecer outros países e culturas.

 

6- Qual o seu maior defeito? 

Ui, não gosto nada de responder a perguntas sobre a minha própria personalidade. Mas vá, acho que é o facto de ser muito impaciente e resmungona.

 

7- O que te irrita nas pessoas? 

Tanta coisa... O conformismo, a falta de humildade e a incapacidade de tomar decisões.

 

8- Qual sua comida favorita? 

Arroz de polvo.

 

9- Doce ou salgado? 

Doce, sem dúvidas. Não conheço ninguém mais guloso do que eu.

 

10- O que te deixa feliz? 

Não é preciso muita coisa para me fazer feliz. Uma tarde rodeada de amigos, numa esplanada ou na praia, com muita gargalhada à mistura, é coisa para me pôr logo com o humor em altas.

 

11- Escolha 5 blogs para fazer esta tag

Esta parte é mais complicada. Uma vez que sou a atrasadinha cá do sítio, toda a gente já deve ter feito isto. Mesmo assim vou escolher os blogs. Peço desculpa se já tiverem sido nomeados.

 

1. Sofia, do blog Tenho Mau Feitio

2. Jessica, do blog Plus que ma propre vie

3. Filipa, do blog One life, infinite moments!

4. Alexis, do blog Na outra margem da memória

5. Nessa, do blog Sólo Para Ti

19
Ago14

Festas do Mar

Começaram na passada sexta-feira as famosas Festas do Mar em Cascais. Gosto bastante destas festas porque, para além de ter um cartaz bastante bom, com imensos artistas conhecidos e que ouvimos no nosso quotidiano, são também realizadas num sítio que eu adoro e bem juntinho à praia. Melhor ambiente era impossível! De todos os nomes anunciados, o que queria mesmo ver era Natiruts. Infelizmente não vou poder ir hoje, com muita pena! No entanto, vou ver se consigo passar lá no fim de semana. Só mesmo para matar as saudades!

 

14
Ago14

Mercado da Ribeira

Antes de ir de férias para trás do sol posto, fui jantar ao Mercado da Ribeira. Este foi renovado há uns meses pela Time Out mas eu ainda não tinha tido oportunidade de lá ir. Com as férias surgiu então a oportunidade e aproveitei uma destas noites para passar por lá. Tem imensos quiosques onde podemos comer! Aí surge logo um problema porque com tanta coisa boa torna-se complicado escolher o que vamos jantar efetivamente. Já tinha ouvido dizer que aquilo estava sempre cheio de pessoas mas, por ser Agosto, pensei que fosse uma boa altura uma vez que muita gente de cá vai de férias. Enganei-me redondamente. Estava completamente cheio! Para arranjar mesa foi uma carga de trabalhos... Ainda estive para desistir mas acabei por ficar lá e, passadas não sei quantas voltas dadas ao espaço, lá se conseguiu arranjar uns lugares. Bati palmas de contentamento. Depois da difícil tarefa de encontrar uma mesa livre, foi a altura de escolher o que comer. Estive tão indecisa! Havia coisas tão boas que era complicado escolher só uma. Para quem quiser jantar 3 vezes de seguida é uma boa ideia. Acabei por optar pelo quiosque do Chefe Henrique Sá Pessoa. Nunca tinha comido nada em nenhum dos seus restaurantes mas o Senhor já me tinha feito crescer água na boca em muitas das vezes que o vi na televisão. Digo-vos já que não fiquei nada decepcionada. A comida era realmente boa e o preço é bastante aceitável! Fiquei rendida. Para acompanhar, optei por ir ao quiosque da Compal que tem uns sumos maravilhosos. Só provei o de melancia mas não me importava nada de provar os restantes. Ficará para uma próxima a sangria de cerveja que encontrei mais tarde noutro local. Para terminar não poderia faltar a bela da sobremesa! Logo eu que sou tão gulosa... Acabei por ir ao "Nós é mais Bolos" que tem todos os bolos mais espectaculares que existem. Pedi o Bolo da Marta, muito conhecido cá em Lisboa, que realmente merece a fama que tem porque é maravilhoso! Em geral gostei do espaço. Está muito interessante e foi uma magnífica ideia renovar o Mercado e torná-lo local de visita para tanta gente. Certamente que voltarei lá, esperando contudo que metade das pessoas que lá estavam fiquem em casa...

11
Ago14

Regresso

Voltei, voltei! E sobrevivi a uma semana praticamente sem telemóvel,  internet e televisão, espectacular. Para mim não é novidade nenhuma porque não sou muito agarrada a essas coisas. E sabe bem ficar uma semana longe de tudo. O que me faz sempre confusão nas férias é o regresso a casa. Estar com muita gente a toda hora, almoços e jantares rodeada de pessoas e, no fim, regressar a casa e não ter aquela pequena multidão. É estranho, muito estranho. E acontece-me sempre. Mais uns dias e esqueço-me do assunto voltando tudo ao normal. Como estão a correr essas férias?

04
Ago14

Fechado para férias

Irei hoje de férias para um local onde a rede para telemóvel é quase inexistente. Quanto mais a internet... Não é o fim do mundo mas é lá quase lá. Portanto será praticamente impossível vir aqui escrever qualquer coisa. Não deixei posts agendados porque não tive tempo para os escrever, por isso o blogue ficará em standby durante uma semana. Não deixem de vir cá por causa disso meus amigos. Na próxima segunda estou de volta e volta tudo ao normal! Boas férias para vocês!

03
Ago14

Decisão tomada

Já enviei a minha lista de hospitais para estagiar. Por mim podia ter adiado a decisão por mias uns tempos, mas tinha mesmo que ser. Queria agradecer imenso a quem me deixou comentários com a opinião. Acreditem que me ajudou imenso e que contaram muito para a minha decisão final. A julgar pelo reduzido número de vagas e pela "concorrência", penso que não conseguirei ficar nas minhas duas primeiras opções porque há mesmo muita gente a querer o mesmo que eu. Vou-me conformando já com a situação para depois não ter desilusões. Agora é esperar para ver em qual fico... Sinceramente não é um assunto que me ponha nervosa ou demasiado ansiosa. Nem valia a pena.

03
Ago14

O que ando a ler...

Após o livro A Culpa é das Estrelas, já tinha aqui demonstrado o meu interesse em ler outros livros do autor, John Green. Neste momento encontro-me a ler O Teorema Katherine e já não falta muito para terminar. Além deste, tinha outros em vista, também do mesmo autor. Sem qualquer ordem de preferência, acabei por escolher este porque foi o primeiro que me apareceu à frente na livraria. Assim que puder, pretendo ler os restantes. E o que é que tenho a dizer sobre este livro? É bonzinho. Depois de A Culpa é das Estrelas é complicado superar qualquer expectativa... Claramente este não é tão bom quanto o anterior. No início não puxou muito por mim, cheguei mesmo a achar que não ia gostar, mas depois, passada aquela parte introdutória que nos apresenta as personagens, o livro começou a tornar-se mais interessante. Embora não falte muito, ainda não o terminei mas tenho quase a certeza que sei como vai ser o final, pelo que é um pouco previsível. Coisa que no livro A Culpa é das Estrelas não acontece. Não é o livro da minha vida mas em geral gostei! E é de fácil leitura, o que me fará ler mais livros do autor.

Pág. 2/2