Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Vida de uma Estudante Universitária

A visão de uma estudante universitária sobre a sua vida académica e pessoal.

Vida de uma Estudante Universitária

A visão de uma estudante universitária sobre a sua vida académica e pessoal.

31
Ago15

A Parte Boa

A única parte boa destas férias estarem a chegar ao fim: Está de volta a minha série favorita!! A sério, estou super entusiasmada. É que já estava à espera disto há cerca de um ano. Já me estava a matar. Finalmente vou poder deliciar-me todas as semanas com um episódio novo. I'm in heaven.

30
Ago15

Fui ao Cinema

Lp_Nq.jpg

Sempre gostei dos filmes Missão Impossível. Adorei especialmente o quarto filme, Operação Fantasma, que vi no cinema quando saiu e que me deixou com as expectativas elevadíssimas acerca do que poderia ser feito a seguir. O quinto filme já estreou há umas semanas e eu andava doida para ir ver. Como estive de férias tive que adiar a ida ao cinema mas neste momento já consegui ir vê-lo. A Missão Impossível tem melhorado de filme para filme. O facto de cada vez mais existir uma melhor tecnologia e qualidade de imagem, ajuda muito na produção deste género de filmes e na forma como é construído o produto final. Não vi em IMAX porque não me apetecia gastar mais dinheiro mas acredito que seja uma experiência ainda melhor a nível visual. Em geral, gostei do filme. Acho que em termos de qualidade é semelhante ao anterior. No que diz respeito à história em si, já prefiro o anterior. Como já referi, foi realmente um filme que me fascinou. Revi antes de ir ver o 5 para poder estabelecer uma comparação e cheguei à conclusão que - apesar do meu gosto pessoal - não fica nada atrás. Ao longo do filme existem alguns toques de comédia que nos fazem soltar umas gargalhadas leves, o que é sempre bom. Também são fãs deste tipo de filmes ou não faz o vosso género?

29
Ago15

Resumo de umas férias no Algarve

2015-08-29_22.17.44-1.jpg

2015-08-29_22.18.42-1.jpg

Só de olhar para estas fotografias, já sinto saudades. São alguns dos momentos das minhas últimas duas semanas no Algarve. Não sei porquê mas este ano não tirei muitas fotos. E a maioria ficou uma porcaria mas pronto... Estas representam muito resumidamennte os dias que lá passei que consistiam quase sempre nas mesmas atividades. Muita praia, piscina, muito sol, um bronze dourado, uns livros para ler, bebidas para refrescar, passeios de barco, noites na esplanada. Tudo o que é preciso para ser feliz nestes dias de Verão. Se pudesse voltava já! Se alguém for para lá em Setembro, arranje um espacinho na mala por favor. Prometo que não incomodo muito. Ah e sou muito boa a lavar a loiça. Não se iriam arrepender.

27
Ago15

Depressão pós-férias

Desta vez sim, podem agredir-me. Eu mereço! Estive muito tempo ausente, sem dar notícias por aqui. Mais tempo do que tinha em mente mas pronto... Teve de ser. Nos sítios em que estive não tinha praticamente acesso à internet. O único acesso que tinha era através dos dados móveis que entretanto também se gastaram. Foi impossível vir aqui dizer o que quer que fosse. Mas não se preocupem! Agora estou de volta. Estes últimos tempos estive no Algarve. É a minha parte preferida das férias. Adoro o Algarve e adoro especialmente o sítio para onde vou. Já é o terceiro ano que vou para aquele local e cada vez gosto mais. Cada vez me apetece ficar mais tempo. Os dias que lá passo nunca são suficientes, nunca me satisfazem por completo. Seja uma, duas ou mais semanas. Quando me venho embora entro sempre em modo depressão pós-férias pois a minha vontade é ficar mais uns dias e aproveitar. Já não tenho aquela coloração de branquelas. Ganhei um bronze significativo e fiquei com um ar bastante mais saudável. Fui a mil e uma praias e coloquei uma delas no meu top 3 de praias preferidas. Dei mergulhos naquela piscina que eu tanto adoro e bebi café à noite na minha esplanada de eleição. Basicamente tenho tudo ali. Naquele sítio. Não preciso de ir muito longe. Não preciso de sair de lá para me sentir bem. Feliz. Estas férias estão a passar a correr e eu nem consigo acreditar na forma como o tempo voou. Setembro está aí à porta e apetece-me tudo menos pensar no próximo ano de faculdade. A única parte boa é que volto ao ativo aqui no blog. Espero que continuem desse lado!

03
Ago15

Lá vou eu...

Aposto que já estão completamente fartos das minhas aparições relâmpago mas infelizmente vamos continuar assim... Vou novamente embora. Desta vez para um sítio com uma rede móvel quase nula e sem internet. Por isso, vou estar praticamente incontactável. Regresso na próxima semana e aí vou ler os vossos blogues de uma ponta à outra. Preciso seriamente de me atualizar por estes lados.

02
Ago15

O lado positivo

A solteirice é na sua maioria uma coisa chata. Pelo menos quando já dura há algum tempo. Não é surpresa para ninguém - até porque já falei aqui algumas vezes nisso - a minha opinião quanto a este assunto. Às vezes chateia-me, é verdade. Principalmente naqueles dias em que nem dois quilos de chocolate nos consolam. Nesses dias, é algo que me incomoda mesmo e com o qual não me sinto bem. Nos restantes, consigo lidar bem com a situação. Já por aqui se sabe que neste momento me encontro solteira. Não se pode dizer que seja por opção ou por outra coisa qualquer. Simplesmente ainda não aconteceu. Não apareceu "A" pessoa. A tal que nos tira o sono. E por isso vou vivendo a minha vida sem me preocupar muito com o assunto. Sinceramente neste momento é algo que não me perturba muito. É claro que gostava de ter alguém que aturasse toda a minha parvoíce e cuja felicidade dependesse da minha. Mas se não aconteceu, não vou morrer por causa disso. Se observarmos tudo ao pormenor, percebemos que ser solteiro não é tão mau quanto isso. E eu reparei muito nesse aspecto durante estas últimas duas semanas de férias. Alguns dos meus amigos encontram-se numa relação e foram de férias sem os respetivos. Acho muito bem. Não têm que andar sempre agarrados. Se bem que a vida deles se torna muito mais limitada. Não podem fazer tudo o que querem sem dar justificações. Não se podem esquecer que têm alguém noutro lado que se preocupa. E enquanto eu abandonava o meu telemóvel em qualquer canto e só lhe pegava no final do dia, eles tinham que fazer chamadas. Dar notícias. Alguns foram embora mais cedo por causa das relações. Parecendo que não, às vezes torna-se ligeiramente limitante. Nem tudo é mau na solteirice. Podemos andar à vontade. Podemos ir onde queremos, com quem queremos, sem dar justificações a ninguém. Se ser solteiro tem alguma vantagem, a liberdade é claramente uma delas.

01
Ago15

Estou viva

Vim aqui só para dizer que estou de volta outra vez. Apenas por dois dias. Ando tão ausente do blog... Eu sei, eu sei! Mas não tenho outra alternativa. Adorei esta última semana. Tenho uns amigos do caraças e nestes dias reparei na sorte que tenho em ter pessoas assim ao meu lado! Vou tentar fazer um post decente antes de ir embora novamente. Vamos ver se consigo. 

Mais sobre mim

foto do autor

Segue-me

Follow

Mensagens

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D