Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Vida de uma Estudante Universitária

A visão de uma estudante universitária sobre a sua vida académica e pessoal.

Vida de uma Estudante Universitária

A visão de uma estudante universitária sobre a sua vida académica e pessoal.

13
Set15

O regresso à faculdade

As férias chegaram ao fim. De vez. Amanhã regresso à faculdade para aquele que é o meu último ano de curso (se tudo correr bem). Nem estou bem a acreditar que é o último ano ali. Naquele sítio. Com aquelas pessoas. Passou tudo tão rápido desde que entrei na faculdade que nem quero pensar no fim. Não quero pensar no que vou fazer depois. Pelo menos por enquanto. Deixem-me entrar no ritmo e aí assim, começo a pensar no futuro. Só queria estas férias outra vez. Iguais. Sem tirar nem pôr. 

12
Jul15

A saga dos estágios

Se há assunto que me põe maldiposta, este é um deles. Escolher locais de estágio não é de todo o meu passatempo preferido. E não é que entro de férias e me atormentam com este assunto? Não há maneira de deixarem uma pessoa descansada a fazer de conta que a faculdade não existe durante dois meses. Não deixam. Este ano já foi o que foi para escolher um único sítio. A única coisa que tinha que fazer era escolher um hospital e demorei imenso para me decidir. Agora tenho que escolher vários locais. No caso do estágio opcional, há dois locais onde eu queria mesmo muito estagiar. O problema? Só posso escolher um. E não há maneira de isto se resolver. Não há maneira de preferir um em relação ao outro. E por isso não sei o que fazer. Espero que acabe por surgir entretanto uma inspiração divina que me faça decidir porque se não temos aqui um caso complicado. O melhor é ir à praia e esperar que a indecisão passe.

11
Jul15

OLÁ FÉRIAS

Sintam a minha alegria! Dizem que estou de férias e desta vez é verdade. FINALMENTE. Este ano foi do mais cansativo que existe. Já não sabia onde me enfiar. Penso que entretanto acabei com os neurónios que restavam. Já se encontravam em vias de extinção desde que entrei para a faculdade mas agora acho que se acabaram de vez. Isso e a minha sanidade mental que também já era pouca. Sou só eu que me sinto esquisita quando entro de férias? Isto torna-se estranho. Tanto tempo a estudar e depois olha... Já não tenho porra nenhuma para me chatear. Ainda hoje acordei a achar que tinha que ir estudar antiasmáticos e broncodilatadores. Provavelmente esta minha cabeça ainda não ativou o modo "posso desligar completamente e só voltar em Setembro" mas não há-de ser nada. Brincadeiras à parte, estou a caminhar para o último ano do curso e só de pensar nisso dá-me náuseas portanto o melhor é esquecer o assunto. Aposto que já foram todos a banhos e estão mais pretos que carvão. E eu que continuo aqui branquelas... Isto na próxima semana já se resolve. Me aguardem.

05
Jul15

Cá estamos

Olá! Daqui fala a Ana, a desaparecida. Já sabem como é que são as épocas de exames. Sempre muita coisa para fazer e tempo nulo para descansar. Queria agradecer a todos os que me desejaram um feliz aniversário. Foi um bom dia passado com as pessoas que mais gosto... Não se pode pedir muito mais (Mentira. Pode! Podia ter sido num barco com um dj exclusivo e montes de pessoas. Mas não foi). Entretanto a época normal de exames terminou esta semana! E adivinhem lá, quem é que está de férias? Eu não sou! Como já devem ter percebido, todos os semestres eu tenho um objetivo geral em relação às minhas notas. Esse objetivo falhou para uma cadeira para a qual esperava, pelo menos, mais 2 valores. Como tal, não posso deixar a coisa ficar assim e lá vou eu a uma melhoria. Vai ter mesmo que ser! É só mais uma semaninha de estudo e depois FÉRIIIIAAAAS. Não custa nada! (Custa, custa). Pelo menos é uma cadeira que gosto portanto, apesar de não me apetecer, vou-me esforçar para ver se consigo melhorar a nota. E vocês, o que têm feito? Exames terminados?

27
Jun15

Rotina da época de exames

Depois do estágio em hospital fiquei com os horários todos trocados. Levantava-me cedo e deitava-me muito antes da hora a que costumava ir para a cama. Tinha uma vontade de dormir a toda a hora que não se aguentava. Quando terminou o estágio e começou a época de exames, achei que não ia conseguir voltar a ter horários ditos "normais" para mim. Sim, porque na época de exames eu sou um autêntico zombie. Um morcego. O que quiserem chamar. Já nem me lembrava que era assim mas agora que estou em exames essa rotina habitual voltou. Como estou quase sempre a estudar em casa, sem aulas, os meus horários são uma coisa muito estranha. Levanto-me às 11 ou 12h mas sinceramente de dia não faço grande coisa. Deveria estudar mas na maioria das vezes não consigo. E lá está, só me dá para estudar à noite. Então começo a estudar por voltar das 22 ou 23h e depois é sempre a abrir até às 3 ou 4 da manhã. É sempre assim. E olhem que rende! Farto-me de estudar imensa coisa. De dia estou a tentar melhorar! Antigamente quase não conseguia estudar mas agora já vou estudando qualquer coisinha. Mas só dá a partir das 16h porque antes disso está quieto. Sei que há pessoas que só conseguem estudar de manhã e que durante a noite não dá. Mas pronto, eu não sou assim. O meu estudo é sempre madrugada fora. E nas 6 épocas de exames pelas quais já passei (fogo, agora é que estou a ver que são muitas...), as coisas têm resultado desta forma. Se forem à rua um dia destes durante a noite e virem uma luz acesa algures numa janela, provavelmente sou eu no meu estudo super intensivo! 

26
Jun15

Biblioteca

Hoje achei que seria uma boa ideia ir estudar para a biblioteca. Pelo menos teria menos distracções por perto... No entanto, a coisa não resultou muito bem. Foi tão produtivo que podia ter estudado no Urban Beach e ía dar à mesma coisa. A minha capacidade de concentração foi igual à de uma ervilha. Continua assim Ana, continua.