Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Vida de uma Estudante Universitária

A visão de uma estudante universitária sobre a sua vida académica e pessoal.

Vida de uma Estudante Universitária

A visão de uma estudante universitária sobre a sua vida académica e pessoal.

29
Nov14

Fui rica noutra vida

Não sei se já aqui tinha dito mas eu vejo muito mal. Deve ter sido por volta dos 11/12 anos que comecei a usar óculos. Sinceramente nunca achei muita graça a situação. Não gostava de me ver com óculos. E então, passados alguns anos, decidi que estava farta de os utilizar e foi então que comecei a falar com o médico sobre a possibilidade de vir a utilizar lentes de contacto. Depois de muita conversa, lá trouxe as lentes para casa. Até hoje nunca mais quis outra coisa. Para mim, é das melhores invenções do mundo. Já uso há alguns anos e até agora nunca tive qualquer problema, felizmente. Apesar de usar as lentes de contacto, nunca me livrei dos óculos. Mas pelo menos utilizo-os muito menos vezes. Pois bem que os óculos que eu tenho ainda são o segundo par que comprei, ou seja, já os uso há imensooooo tempo. Tudo bem que só os uso em casa ou quando faço viagens grandes e assim, mas eles chegaram a um ponto em que tinham mesmo que ser substituídos. Estavam mais tortos que sei lá o quê. Então lá fui eu toda contente à loja comprar uns oculinhos novos. Experimentei uns quantos, 10 ou 20 para ser mais precisa. No que toca a este tema eu sou muito, mas muito esquisitinha. Portanto desses todos, gostei para aí de 4 pares. Quando os reduzi ao par que efetivamente achei que me ficava melhor, fiquei toda feliz. Até ver o preço. Eram uns Valentino. Provavelmente escolhi os mais caros da loja porque havia armações a custarem menos de metade que aquela. De certeza que fui rica noutra vida porque eu tenho sempre olho para as coisas mais caras. Vida injusta. Apesar de tudo, acabei por comprar na mesma. Afinal, eram aqueles que gostava mais e que, a meu ver, me ficavam melhor. Os meus pais é que são capazes de não achar muita piada a esta ideia mas vá, eles não precisam de saber os pormenores todos da compra, pois não?! É claro que eu não ia trazer algo que não gostasse de ver quando é uma coisa para durar uns belos anos. Pronto, é isto. Doeu-me na alma mas tinha que ser. 

13 comentários

Comentar post