Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Vida de uma Estudante Universitária

A visão de uma estudante universitária sobre a sua vida académica e pessoal.

Vida de uma Estudante Universitária

A visão de uma estudante universitária sobre a sua vida académica e pessoal.

27
Jun15

Rotina da época de exames

Depois do estágio em hospital fiquei com os horários todos trocados. Levantava-me cedo e deitava-me muito antes da hora a que costumava ir para a cama. Tinha uma vontade de dormir a toda a hora que não se aguentava. Quando terminou o estágio e começou a época de exames, achei que não ia conseguir voltar a ter horários ditos "normais" para mim. Sim, porque na época de exames eu sou um autêntico zombie. Um morcego. O que quiserem chamar. Já nem me lembrava que era assim mas agora que estou em exames essa rotina habitual voltou. Como estou quase sempre a estudar em casa, sem aulas, os meus horários são uma coisa muito estranha. Levanto-me às 11 ou 12h mas sinceramente de dia não faço grande coisa. Deveria estudar mas na maioria das vezes não consigo. E lá está, só me dá para estudar à noite. Então começo a estudar por voltar das 22 ou 23h e depois é sempre a abrir até às 3 ou 4 da manhã. É sempre assim. E olhem que rende! Farto-me de estudar imensa coisa. De dia estou a tentar melhorar! Antigamente quase não conseguia estudar mas agora já vou estudando qualquer coisinha. Mas só dá a partir das 16h porque antes disso está quieto. Sei que há pessoas que só conseguem estudar de manhã e que durante a noite não dá. Mas pronto, eu não sou assim. O meu estudo é sempre madrugada fora. E nas 6 épocas de exames pelas quais já passei (fogo, agora é que estou a ver que são muitas...), as coisas têm resultado desta forma. Se forem à rua um dia destes durante a noite e virem uma luz acesa algures numa janela, provavelmente sou eu no meu estudo super intensivo! 

10
Abr15

Cérebro Procura-se

Estas férias empenhei-me a sério nos estudos. Com os 850 slides que tinha (e tenho) para estudar, não consegui ficar de papo para o ar durante muito tempo. Desde terça-feira da semana passada que ando a estudar para esta frequência. Tenho estudado todos os dias, excepto no dia de Páscoa que uma pessoa também merece um dia de descanso. De resto tem sido sempre a estudar. Até fiquei orgulhosa de mim mesma por conseguir passar as minhas férias praticamente todas a estudar. Nunca tinha feito tal coisa. Mas esta vontade (que é mais obrigação) não podia durar muito tempo. Como tal, cheguei àquele ponto de saturação em que já não dá para mais. Já não fica nada na cabeça e a motivação é nula. O pior é que ainda faltam 4 dias e muita matéria. Preciso de forças divinas e de um cérebro novo. De preferência com uma memória de elefante. E muita paciência, já agora. 

29
Mar15

Férias

Esta semana foi a loucura mas felizmente passou depressa. Estou agora de férias. Tenho duas semanas mas sei que há gente que tem bem menos. Sinceramente não precisava de tantas férias... Chegava uma semana. E assim acabava mais cedo. Como eu não mando, fico a penar até Julho caso as coisas dêem para o torto. Mas vá, para não dizerem que sou mal agradecida, mais vale aproveitar. Esta semana não devo fazer grande coisa. Também preciso de descanso. Mas na seguinte já vou ter que estudar a sério porque a primeira semana de aulas é logo com meia dúzia de frequências, trabalhos e mais não sei quantas coisas para fazer. Para quem também tem tempo para descansar agora, boas férias!! Aproveitem bem! Depois vai ser a doer...

23
Mar15

Quem é que vai chumbar amanhã?

Sou eu, sou eu. E de quem é a culpa? Exclusivamente minha. A matéria é uma seca, isso é certo. Mas o meu esforço para estudar é tão bom quanto a matéria. Eu vou-me arrepender disto. Vou, vou... Mas quando me arrepender já vai ser tarde demais. É que eu não sei rigorosamente nada. Nunca me senti tão pouco preparada para uma frequência. Quer dizer, já senti. Mas a experiência não foi de todo boa para mim. Vou tirar uma nota tão má que vou ter vontade de cavar um buraco, enfiar-me lá e nunca mais sair. Se não me virem nos próximos tempos, já sabem. Agora vou estudar numa tentativa de remediar (um pouco) este medíocre estudo. Se bem que isso é mais difícil do que encontrar pinguins na ponte 25 de Abril. Só para verem como a situação está complicada.

21
Mar15

Semana do demónio

tumblr_static_tumblr_static_2ypzf56eeickw4wk0w0cgc

 

O fim-de-semana vai ser mais ou menos assim. A próxima semana vai ser de um stress tão grande que eu nem sei se estou preparada. Se calhar devia fazer umas aulinhas de yoga antes, não vá dar-me uma coisinha má. Adoro o facto de meterem tudo o que de mau existe numa semana só... Pelo menos repartiam as coisas. Mas não. É sempre a mesma coisa. E eu nem sei porque é que reclamo! Já levo uns aninhos disto portanto já devia estar habituada. De qualquer forma, não me conformo com alguns métodos de avaliação. E o facto de os ter que fazer na mesma não me agrada nada. Acabo por fazer as coisas contrariada e com pouca motivação mas não tenho grandes alternativas. Ou é isso ou exame. E entre o mau e o péssimo, não tenho muito para onde fugir. Acendam uma velinha por mim. Vou precisar.

18
Mar15

1ª Frequência

É amanhã. A primeira frequência do semestre e eu continuo em dúvida se realmente estou preparada ou não. É a melhor cadeira deste semestre. A mais interessante e que mais contribui para adquirir conhecimentos na minha área mas não é das mais fáceis. A matéria é imensa e muito pormenorizada e eu já baralho tudo. Já não sei se os simpaticomiméticos induzem apenas a midríase ou também a cicloplegia. Se aumentam o escoamento do humor aquoso e por isso é que reduzem a pressão intra-ocular. Depois tenho de me lembrar que têm de ser usados com precaução na hipertensão porque induzem vasoconstrição. Sim, porque os descongestionantes são simpaticomiméticos. E por isso, os hipertensos têm de usar os nasais para minimizar os efeitos sistémicos. O pior é que entretanto ainda tenho de me lembrar do efeito rebound que vai gerar rinite medicamentosa por excesso de utilização que vai causar irritação nasal e consequentemente voltar a provocar vasodilatação e obstrução nasal. Se fosse só isto estava tudo muito bonito. É que temos também as outras rinites. Intermitente, persistente ligeira, moderada a grave. E uma pessoa tem que se lembrar da 1ª linha em cada uma delas. Mas depois vem a história da tosse. Temos os bonitos dos expectorantes onde estão incluídos os mucolíticos. Não me posso esquecer por nada desta vida que a acetilcisteína não pode ser utilizada em doentes asmáticos porque vai provocar broncoconstrição. No entanto, pode ser usada em fumadores. E por falar na asma, tenho de saber que na intermitente se dão agonistas adrenérgicos beta de curta duração como 1ª linha mas em 2ª linha dão-se estes em associação com antagonistas colinérgicos. E chega à hora em que eu me pergunto porque raio estou a escrever estas coisas aqui. Se calhar já chega de dizer tretas que não interessam a ninguém... Se amanhã souber tudo o que aqui escrevi, já não é mau. O problema é que é para aí 1/200 do que tenho de saber. Aposto que metade de vocês fugiram após ter lido as primeiras três linhas. Se chegaram ao fim deste post, gabo-vos a paciência. Merecem um chupa-chupa. 

Mais sobre mim

foto do autor

Segue-me

Follow

Mensagens

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D