Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Vida de uma Estudante Universitária

A visão de uma estudante universitária sobre a sua vida académica e pessoal.

Vida de uma Estudante Universitária

A visão de uma estudante universitária sobre a sua vida académica e pessoal.

05
Jul15

Cá estamos

Olá! Daqui fala a Ana, a desaparecida. Já sabem como é que são as épocas de exames. Sempre muita coisa para fazer e tempo nulo para descansar. Queria agradecer a todos os que me desejaram um feliz aniversário. Foi um bom dia passado com as pessoas que mais gosto... Não se pode pedir muito mais (Mentira. Pode! Podia ter sido num barco com um dj exclusivo e montes de pessoas. Mas não foi). Entretanto a época normal de exames terminou esta semana! E adivinhem lá, quem é que está de férias? Eu não sou! Como já devem ter percebido, todos os semestres eu tenho um objetivo geral em relação às minhas notas. Esse objetivo falhou para uma cadeira para a qual esperava, pelo menos, mais 2 valores. Como tal, não posso deixar a coisa ficar assim e lá vou eu a uma melhoria. Vai ter mesmo que ser! É só mais uma semaninha de estudo e depois FÉRIIIIAAAAS. Não custa nada! (Custa, custa). Pelo menos é uma cadeira que gosto portanto, apesar de não me apetecer, vou-me esforçar para ver se consigo melhorar a nota. E vocês, o que têm feito? Exames terminados?

13
Fev15

Melhorias

Tinha aqui dito que tinha aproveitado a 2ª época de exames para fazer uma melhoria. Tratava-se de uma cadeira cuja nota ficou um pouco longe do meu objetivo para este semestre. Passados 3 meses (naaaada exagerada!), lá saiu a dita nota. Sinceramente já tinha passado tanto tempo que já nem me lembrava disso. O exame em si foi bastante difícil e por isso, mal saí de lá, achei logo que não iria dar para melhorar nada. Daí também não estar muito preocupada com o resultado. Quanto à nota em si, consegui subir 1 valor. Não é mau mas continua um bocadinho fora do objetivo. Tive a nota que era mesmo preciso para subir. Uma décima a menos e não melhorava nada. Parece que fiz mesmo o exame no limite. Pronto, agora que venha o 2º semestre. Vou tentar aplicar-me mais e tirar melhores notas porque não fiquei totalmente contente com as que tive. Não estou a dizer que foram más mas num panorama geral também não foram espectaculares. E nisso eu sou bastante exigente comigo mesma. 

02
Fev15

Queridas férias

Estou oficialmente de férias! Já estava desde a semana passada mas ainda faltavam sair algumas notas e por isso não sabia se teria que ir a recurso. Ontem saiu a última, uma das mais temidas, e felizmente tive boa nota. Quanto ao panorama geral das notas, podiam ser melhores. Podiam ser sempre melhores, a menos que acabe com 20 a tudo, o que é praticamente impossível. O meu objetivo para este semestre era não tirar nenhuma nota abaixo de 15 mas sabia que ia ser difícil porque há sempre, sempre uma cadeira que é o meu calcanhar de aquiles. Como tal, não consegui cumprir totalmente. Por um lado, consegui ter algumas notas bem acima do objetivo. Por outro, houve uma cadeira à qual tive uma nota inferior a esse objetivo e foi a essa que fui fazer melhoria, numa tentativa de remediar a situação. Sinceramente tenho quase a certeza que não vou melhorar coisa nenhuma. O exame era bastante mais difícil do que todos os outros que já tinha feito, por isso já não tenho qualquer esperança. O que interessa é estou de férias nas próximas semanas!! Assim até as segundas feiras têm um sabor menos amargo.yes-its-monday-but-i-dont-care-im-on-holidays.png

22
Jan15

Vintes

A propósito deste stress atual das notas que saem e das que nunca mais saem e pelas quais desesperamos, vocês digam-me lá, conhecem alguém que já tenha tido um 20 de nota final na faculdade? Aliás, vocês próprios já tiveram algum? Atenção que estou a falar mesmo de avaliação final, não de trabalhos, apresentações e frequências isoladas. É que isto para mim deve ser a coisa mais difícil de todos os tempos. Até agora nunca consegui. E sei que é coisa que não vou conseguir nunca enquanto estiver na faculdade. Uma pessoa bem tenta, mas não dá. É demasiado difícil, até porque há professores que simplesmente não dão 20 a ninguém. Vá, agora não me digam que ter um 20 não é assim tão difícil. É que me mandam logo abaixo. É isso e pessoas com média de 18 na universidade. Essas eu sei que existem mas não conheço nenhuma. Se conhecesse, provavelmente seriam pessoas que eu iria realmente admirar porque é lixado. Muito lixado. Quer dizer, a menos que existam por aí cursos que são assim muito fáceis e que eu não tenha noção da sua existência. Fora isso, considero complicado assim num nível máximo.

30
Jul14

2ºAno

Já vamos longe nas férias e só agora me lembrei de falar do final deste ano letivo. Sou uma tristeza. E muito atrasada também. Ora bem, posso dizer que o 2ºAno está concluído! Sem cadeiras em atraso, o que é melhor ainda! Todos diziam que este semestre em particular era o mais difícil de todos. Sinceramente não fiz disso um bicho de sete cabeças... Encarei o semestre como se fosse outro qualquer pelo qual já passei e, no final, não achei que fosse assim tão difícil para ser considerado o pior de sempre. Aliás, acho que este foi o semestre em que me empenhei mais e, consequentemente, onde tirei as minhas melhores notas no geral. Não vou dizer que fiquei contente com todas as notas porque há sempre aquelas que nos ficam entaladas. No meu caso, existem duas que poderiam ter sido um bocadinho melhores. Mas pronto, se não consegui também não me vou lamentar para sempre. As outras cinco correram exatamente como eu queria e fiquei bastante contente com as notas que consegui obter. Consegui subir a média em meio valor. Nada de especial é certo... Mas já é qualquer coisa! Ainda não está como eu quero mas ainda tenho uns anos para lá chegar por isso é trabalhar para tal. Resumindo, estou contente com o que fiz. Agora é continuar no próximo ano.

16
Jun14

O terror começou

Começou hoje a minha época de exames e já não vejo a hora de acabar. Estudar é o pior que se pode fazer com este calor! No fim de semana esteve tudo na praia, 30 e tal graus, um calor infernal. Nada compatível com a concentração no estudo. Mas também se não estudava e me enfiava no facebook, via as fotografias das pessoas que andavam no bem bom. Ainda ficava mais deprimida! A frequência de hoje pertencia a uma das cadeiras às quais tinha muito boa nota vinda da 1ªfrequência. Tinha noção que era uma missão quase impossível mantê-la. Agora tenho a certeza. Não correu, de todo, como eu desejada. Sei que vou baixar a nota e já estou a ponderar ir a melhoria. O melhor mesmo é esperar que saia a nota mas, como sei bem o que fiz, sei que vou baixar pelo menos 3 valores. Isto a ser optimista! Estou bastante chateada porque eu faço sempre a mesma asneira!! Boas notas na 1ªfrequência, descida a pique na 2ª. Não aprendo a lição... É esforço deitado ao lixo.

10
Jun14

Uma questão de médias

A média na faculdade sempre foi uma coisa que me chateou. No primeiro ano, as minhas notas não foram de todo do meu agrado. Ok, era o meu primeiro ano na faculdade, altura de adaptação e tudo mais, mas isso não é propriamente uma desculpa. As minhas notas não foram más mas também não foram espectaculares. Para além disso, sou muito exigente comigo própria, o que nem sempre é bom. Este segundo ano ainda não terminou mas acho que já posso falar um bocadinho dele. Abri a pestana e empenhei-me muito mais. Provavelmente estudei o dobro do que estava habituada e isso reflectiu-se consideravelmente nas minhas notas, logo no primeiro semestre. Mesmo assim, ainda houve notas que me ficaram aqui entaladas (culpa minha que tive preguiça de ir fazer melhorias). Este semestre foi onde atingi as minhas melhores notas. Pelo menos por agora, visto que ainda tenho uma longa época de exames pela frente. Em geral, estou bastante contente com as notas deste semestre. Só há uma que não foi de acordo com as minhas expectativas, mas o facto de não gostar muito da cadeira também justifica um bocado a coisa. Só tenho receio de agora na época de exames baixar as notas todas porque eu sou daquelas pessoas que começa muito bem, tirando notas altas, e depois se espalha ao comprido. E tenho plena noção que é extremamente difícil manter os 19's que tenho. De qualquer das formas, como devem saber, uma pessoa faz um semestre espectacular e a média sobe apenas 2 ou 3 décimas por causa dos ects e essas tretas todas... Portanto a minha média ainda está muito longe do que eu ambiciono. Com esta conversa toda devem ter ficado a pensar que eu sou completamente obcecada com as notas, médias e tudo isso... Mas vá, não é bem assim. Para já eu sou apologista de "As médias não definem a inteligência da pessoa", é que não definem mesmo. E também não vale a pena pensarmos que por termos uma grande média no secundário, vamo-nos sair super bem na faculdade. Uma coisa não leva à outra! E nestes dois anos de faculdade já tive imensas provas disso. Tudo depende do esforço e da entrega. Da forma como nos aplicamos. Não tenho a média que tinha no secundário mas já tirei melhores notas na faculdade do que quando lá estava. Para ser sincera eu era um bocado preguiçosa. Todos queremos ter uma boa média, é verdade. Mas eu acredito que há pessoas com médias mais baixas que são muito melhores profissionais do que as que têm médias mais elevadas. Não serve de nada sabermos a teoria toda se depois não a sabemos aplicar na vida real! É certo que, quando procuramos emprego, nos acabam sempre por julgar pela média que temos, mas certamente dão muito mais valor à nossa capacidade de trabalho e profissionalismo.

Mais sobre mim

foto do autor

Segue-me

Follow

Mensagens

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D