Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Vida de uma Estudante Universitária

A visão de uma estudante universitária sobre a sua vida académica e pessoal.

Vida de uma Estudante Universitária

A visão de uma estudante universitária sobre a sua vida académica e pessoal.

22
Abr15

Rendi-me

Lutei até não poder mais mas desta vez foi inevitável. As minhas amigas criaram-me uma conta no Instagram. Todas elas já tinham há imenso tempo mas eu nunca estive para aí virada. Agora fui "obrigada" a utilizar a aplicação e a verdade é que gostei. Sinceramente até acho que estou a ficar um bocadinho viciada naquilo. Pelo menos é preferível ao facebook. 

01
Mar15

Redes Sociais

No início de 2012 criei um tumblr. Inicialmente achava super complicado, estranho e pouco funcional. Com o tempo fui percebendo o seu funcionamento e comecei realmente a passar lá uma grande parte do tempo em que estava no computador. Entretanto, surgiu a faculdade e como o tempo disponível foi diminuindo, acabei por deixar o tumblr um bocadinho de parte... Acho que até acabei por me esquecer mesmo que tinha uma conta lá. Nos últimos dois meses, voltei a utilizá-lo mais. Não sei bem porquê mas apeteceu-me... Talvez por estar um bocadinho farta do facebook. O que é certo é que voltei a ficar viciada. Sempre que posso vou lá e atualizo a minha página. É uma das redes sociais que mais gosto. Tem todo o tipo de imagens - giras, inspiradoras, fofinhas. Imagens que nos fazem rir. Outras que nos fazem pensar. Muitas vezes encontro por lá algo com que realmente me identifico. E na maioria desses casos, acabo por publicá-las também aqui. Se quiserem visitar a minha página no tumblr, cliquem aqui. Não precisam de me seguir nem nada do género. Só deixo o link para o caso de terem curiosidade. Podem deixar também os vossos tumblrs nos comentários. Sintam-se à vontade!

28
Set14

Fotografias

Não é só pelo mundo dos blogs que os desafios têm estado em altas. Também pelo facebook tem acontecido o mesmo. Começou com o banho gelado, passou pelas fotografias sem maquilhagem e agora surgiu o desafio de pôr fotos em criança. Eu bem me escondi. Bem tentei escapar! Safei-me dos dois primeiros mas deste último não consegui fugir. Bem, mais vale pôr umas fotos da mini Ana do que levar com um balde de água gelada. Lá isso é verdade. Fui desafiada por uma amiga da faculdade e, como não pago jantares a ninguém, lá tive que cumprir o desafio. Fui então chatear a minha mãe para ver onde andavam as minhas fotos pré-históricas. Felizmente era mais bonita que um dinossauro, o que já não é nada mau. Fomos ao fundo do baú e lá conseguimos encontrar umas fotografias engraçadas. Já que tinha que mostrar a minha mini-fronha que fosse, pelo menos, numas fotos em condições. Algumas delas nem sabia que existam, ou pelo menos não me lembrava. Acabei por colocar uma compilação de três fotos. Uma mesmo bebézinha, outra para aí com um ano ou perto disso e uma última já maior, com três ou quatro anos. Realmente no que as pessoas se tornam... Era uma coisinha fofa. Modéstia à parte, posso dizer que não me importava nada de ter um bebé igual a mim. Era bastante sorridente e muito bochechuda. Agora sou maior, as bochechas fugiram e a fofura também. Mas pronto, é o que se pode arranjar. Bem diz a minha mãe que gostava de mim era em bebé. Agora percebo.

29
Mar14

É como se tivesse ido

Não fui ao concerto da Beyoncé. Não porque não quisesse mas na realidade não perdi muito. É que o facebook foi bombardeado com fotos e vídeos do concerto. Pensei que se pagava para ver o artista, não para tirar fotos e pôr no instagram e etc em tempo real. Eu cá agradeço! Porque não fui mas é quase como se tivesse ido. Pessoas, tenho um conselho: curtam o momento e deixem o telemóvel em casa.